Obra em Merepe destrói dunas em área de desova de tartarugas

Construção de muro de arrimo na Praia de Merepe, em Ipojuca, ao Sul do Grande Recife, ameaça a reprodução de tartarugas marinhas, na lista de espécies ameaçadas de extinção. Segundo a ONG Ecoassociados, que monitora ninhos na área, a obra contribui para diminuir a área disponível para a postura desses répteis aquáticos. O muro de arrimo, afirmam especialistas, também está destruindo as dunas, protegidas por lei. Biólogos da Universidade de Pernambuco que vistoriaram a obra temem que a construção contribua para a erosão costeira. O local é de desova. Temos registros de ninhos nas proximidades. A obra, por interferir nas dunas e envolver espécies ameaçadas de extinção, deve ter um estudo de impacto ambiental, opina Arley Cândido, presidente da Ecoassociados. Veranistas da área garantem, ainda, que a muralha de pedras fecha acesso a uma rua do Loteamento Merepe 2, paralela à Rua Tabajuba. Moradores de um condomínio chegaram a registrar, com fotos, denúncia na Prefeitura de Ipojuca, mas afirmam não ter obtido resposta.

Comentarios (0)Add Comment

Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
smaller | bigger

busy

Curta nossa página no Facebook