Oceanos à beira da devastação

RIO - Os oceanos do mundo enfrentam uma perda de espécies sem precedentes, comparável a períodos históricos de extinção em massa, segundo relatório do Programme on the State of the Ocean (IPSO) e do International Union for the Conservation of Nature (IUCN). Os mares estão se degenerando rapidamente devido a fatores como aquecimento do clima, acidificação da água do mar, poluição e pesca predatória. Os cientistas comparam a atual extinção das espécies ; peixes grandes, pequenos e corais ; aos períodos Ordoviciano-Siluriano de 450 milhões de anos atrás, ao Cretáceo, que extinguiu os dinossauros da Terra e ao pior deles, o Permiano, de 251 milhões de anos, que eliminou 70% das espécies terrestres e 96% das marinhas. O estudo conclui ainda que a velocidade de destruição é mais rápida que o previsto. ; Se considerarmos o efeito cumulativo nos oceanos, as implicações do que a humanidade fez é muito pior do que achávamos que seria ; acredita Alex Rogers, professor da Universidade de Oxford e diretor-científico do IPSO. Da Agência Globo.

Comentarios (0)Add Comment

Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
smaller | bigger

busy

Curta nossa página no Facebook