O que Aldo Rebelo diz não se escreve

Em entrevista em agosto, o deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), autor da proposta que altera o Código Florestal, disse que o orçamento do Ibama e do próprio ministério é alimentado pelas multas ambientais. Ou seja: quanto mais multas se aplicam, mais dinheiro eles têm para gastar. É um sistema que estimula multar sem parar. Este mês, a mesma publicação que, além de dar voz, teceu elogios ao parlamentar comunista, revela: 0,75, apenas das multas ambientais do Ibama são pagas. A maioria é inócua porque aplicada a empresas que atuam na ilegalidade ou não temem cair nessa condição. Ou seja, não é bem assim, deputado. Aqui os ditos elogios: O novo Código Florestal está pronto para ser votado no Congresso. Merece aplausos e apoio por garantir a preservação ambiental ao mesmo tempo em que cria uma regulação jurídica que possibilita o florescimento do agronegócio.

Comentarios (0)Add Comment

Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
smaller | bigger

busy

Curta nossa página no Facebook