Fêmea adota peixe-boi encalhado no Rio Grande do Norte

As fotos acima, de Guga Matos/JC Imagem/6.4.2011, no Centro Mamíferos Aquáticos, em Itamaracá, mostram filhote órfão de peixe-boi resgatado no litoral do Rio Grande do Norte (leia mais abaixo) filhote órfão de peixe-boi Publicado em 7.04.2011, no Jornal do Commercio. Filhote de peixe-boi que encalhou no Rio Grande do Norte chegou ontem ao Centro Mamíferos Aquáticos. O animal, um macho com 1,29 metro e 38 quilos, desgarrou-se da mãe no dia 24 de março, na Praia de Porto do Mangue. No CMA, ele será reabilitado e, após dois anos, devolvido à natureza. Depois do encalhe, a equipe de resgate procurou por dois dias a mãe para devolver o animal, de aproximadamente um mês. A fêmea não foi encontrada e o filhote seguiu para a ONG Aquasis, no Ceará, onde ficou até a transferência, de avião, para Pernambuco. O veterinário da Aquasis Vítor Luz diz que o estado de saúde do filhote é bom. Ele tem uma lesão na córnea do olho esquerdo, provavelmente por causa do atrito com a areia ou pedras durante o encalhe, mas está respondendo bem ao tratamento com colírio. O peixe-boi se encontra num tanque com a fêmea Sereia, que pariu quatro filhotes e adotou um. Sereia não está amamentando, mas os técnicos do centro acreditam que, com o estímulo do órfão, passará a produzir leite. Assim que foi colocado no tanque, na área destinada à visitação, Sereia tratou de ensiná-lo a respirar, empurrando-o para a superfície. É um sinal de que o acolherá, acredita a bióloga Fábia Luna, chefe do CMA.

Comentarios (0)Add Comment

Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
smaller | bigger

busy

Curta nossa página no Facebook