Bispos condenam quem joga lixo no chão

BRASÍLIA, DF - A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) condenou na quarta (9) aqueles que jogam lixo no chão, ato que, segundo o secretário-geral da Conferência, Dom Lara Dimas Barbosa, pode ser considerado pecado. Segundo o bispo, não está escrito na Bíblia, mas um dos dez mandamentos diz: amar ao próximo como a si mesmo, e a partir dele seria possível tirar a conclusão de que poluir o meio ambiente também é uma infração aos mandamentos de Deus. A declaração foi dada na quarta, durante o lançamento da Campanha da Fraternidade 2011, cujo tema é Fraternidade e a Vida no Planeta. ; Não existe um mandamento dizendo não jogarás lixo na horta do seu vizinho, mas existe um mandamento dizendo amarás ao próximo como a si mesmo. Então, a partir do próprio mandamento você pode tirar consequências. O fato das pessoas jogarem lixo na calçada é algo que pode ser considerado, sim, para o católico, pecado ; disse dom Dimas. A Campanha da Fraternidade deste ano foi escolhida, como sempre, a partir de diversas sugestões da população em todo Brasil. A opção foi feita porque a Igreja se diz preocupada com o que chama de crise ambiental causada pelo padrão de consumo da humanidade. No texto-base da campanha, a Igreja lista propostas de como cristãos devem agir para preservar a natureza. Uma das recomendações dos bispos é que as pessoas troquem sacolas plásticas por ecobags de tecido e diminuam a duração de seus banhos. A alienação do ser humano em relação ao projeto de Deus sobre a humanização manifesta-se na sociedade injusta e opressora e na utilização abusiva e destruidora da natureza, diz o texto da campanha, que trouxe a ONG SOS Mata Atlântica para promover o tema nas fraternidades. No lançamento da campanha, Dom Dimas aproveitou para criticar as mudanças no Código Florestal propostas pelo deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), relator do projeto que deve ser votado ainda neste semestre na Câmara dos Deputados. Dom Dimas se reuniu com técnicos do Ministério do Meio Ambiente e com a presidente da República, Dilma Rousseff, para apresentar a posição da CNBB sobre o tema. ; Nossa preocupação é que o projeto não seja votado de forma superficial e apressada. Porque suas consequências podem ser duradouras e graves ; ponderou. A Igreja apontou como problemática a anistia a desmatadores prevista no texto do deputado, a possibilidade de diminuição das áreas de proteção dos rios, e o fim da reserva legal para pequenos produtores. Outro tema polêmico abordado pela CNBB foi a construção da usina de Belo Monte, no Pará. Dom Dimas observou que a cidade de Altamira, que será sede do empreendimento, não está preparada para receber o volume de pessoas que irão trabalhar no local, podendo gerar problemas de saneamento e poluição do rio Xingu. A conferência prega que o Brasil invista mais em fontes alternativas de energi, e acredita que o pré-sal poderá criar problemas para o país: ; Tive uma sensação muito ruim (com relação ao pré-sal). Antevi um futuro muito ruim ...

Comentarios (0)Add Comment

Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
smaller | bigger

busy

Curta nossa página no Facebook