Sequenciado genoma da formiga argentina, uma espécie invasora

WASHINGTON - Cientistas americanos sequenciaram o genoma da formiga argentina, uma espécie que prolifera em numerosas partes do mundo ameaçando a biodiversidade, o que poderia permitir determinar meios para controlar seu desenvolvimento. A pequena formiga marrom, originária da América do Sul, a Linepithema humile (foto), seu nome científico, é muito agressiva e perturba os ecossistemas de numerosas regiões do mundo, destacam os pesquisadores. A formiga argentina é uma espécie que apresenta interesse particular para os cientistas, devido a seu enorme impacto ecológico, explica Neil Tsutsui, professor em ciências ambientais da Universidade da Califórnia, em Berkeley (oeste), um dos coordenadores do estudo que também apresentou o sequenciamento de outras espécies do inseto. Quando as Formigas Argentina invadem, elas devastam comunidades locais de insetos, favorecendo o desenvolvimento de populações de organismos nocivos à agricultura, precisa. Eles enumeraram 16.344 genes da Formiga Argentina contra os 23.000 do homem. Os dois outros sequenciamentos, que aparecem também nos Anais da Academia Nacional de Ciências (PNAS), dizem respeito à formiga vermelha Pogonomyrmex barbatus e à formiga de fogo Solenopsis invicta. Da Agência France Presse.

Comentarios (0)Add Comment

Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
smaller | bigger

busy

Curta nossa página no Facebook