Poda de maior cajueiro do mundo vira briga na Justiça

SÃO PAULO, SP - O cajueiro de Pirangi, conhecido como o maior do mundo, invadiu estradas do Rio Grande do Norte e virou motivo de ação judicial na cidade de Parnamirim. Com uma copa de quase 10 mil m2, a árvore invadiu uma faixa de cada sentido da RN-63 -o cajueiro fica no canteiro central da estrada. Um grupo de 12 moradores vizinhos ao cajueiro entrou na Justiça, em dezembro, para que seja feita a poda. A vizinhança teme que a árvore avance em direção a suas casas, segundo o advogado dos autores da ação, José Wilson Gomes Neto. A Associação dos Moradores de Pirangi do Norte, responsável pela administração da árvore há dois anos, é contra à poda. O presidente da associação, Francisco Cardoso, acredita que a poda possa matar o cajueiro. A planta está em época de floração, e o verão não é um momento indicado para o corte, segundo o diretor técnico do Idema (Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN), Leonardo Tinôco. Para ele, a poda só pode ser realizada após o mês de maio. Tinôco afirmou que não há nenhum registro oficial anterior de poda e que o Idema é favorável à desapropriação das casas vizinhas ao cajueiro para permitir que a árvore possa crescer livremente. O diretor técnico disse ainda que, se dependesse do órgão, só seria permitido cortar 160 m2. A árvore é uma unidade de conservação municipal, está localizada em terreno do Estado, mas é administrada pela associação. Os galhos do cajueiro de Pirangi crescem de forma anômala -e transformam-se em raízes ao chegar no chão. Por Luciana Ribeiro , da Folhapress.

Comentarios (1)Add Comment
...
escrito por André, novembro 21, 2011
não podem cortar esse cajoeiro é a atração desse estado,eu sugiro que não cotem esse cajoeiro!
report abuse
vote down
vote up
Votes: +0

Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
smaller | bigger

busy

Curta nossa página no Facebook