UFPE solicita ao Consema reunião para debater desmatamento recorde em Suape

O representante da UFPE no Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema), Ricardo Braga, solicitou reunião extraornidária dos conselheiros para discutir o projeto de lei 1496/2010, que autoriza o desmatamento de 1.076 hectares de vegetação nativa em Suape para a implantação de três estaleiros. Na carta, enviada na segunda-feira, dia 29 de março, o conselheiro alega as dimensões do desmatamento - o equivalente a 1.000 campos de futebol - e a forma de compensação proposta, que lhe parece inadequada. O biólogo, que integra o Grupo de Recursos Hídricos, vinculado ao Departamento de Engenharia Civil da UFPE, pede ainda à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente que convoque para a reunião os presidentes do Complexo de Suape e da Agência Pernambucana de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (CPRH). O corte - são 893,4 ha de mangue, 17,03 ha de mata atlântica e 166,06 ha de restinga - está previsto em projeto de lei enviado pelo governador Eduardo Campos. A justificativa: implantação do chamado cluster da indústria naval em Suape, no Grande Recife, com três estaleiros já confirmados. O diretor de Meio Ambiente de Suape, Ricardo Padilha, informa que a compensação ambiental será a criação de duas unidades de conservação estuarinas. Uma na foz do Rio Jaboatão e outra na do Rio Ipojuca, totalizado 1.500 hectares de áreas protegidas. Leia abaixo a carta enviada por Braga. Clique em FULL para visualizar a tela inteira e ESC para retornar.Of Grh Rb 05 2010 Luciana Santos Consema

Comentarios (0)Add Comment

Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
smaller | bigger

busy

Curta nossa página no Facebook