Marina defende criação de uma agência para tratar de mudanças climáticas

BRASÍLIA - Durante audiência pública na Comissão de Meio Ambiente com representantes do governo e de organizações não-governamentais, realizada a seu pedido, a senadora Marina Silva (PV-AP) defendeu na quinta-feira (26) que o governo federal crie um agência para tratar exclusivamente das mudanças climáticas. Marina defendeu ainda rapidez na regulamentação das metas de redução das emissões de gases de efeito estufa, previstas na lei que instituiu a Política Nacional sobre Mudança do Clima em dezembro do ano passado. Além disso, a ex-candidata do PV à Presidência salientou a importância da elaboração de um indicador para medir o avanço da economia de baixo carbono. Na avaliação de Marina, o Brasil tem conseguido avanços na área ambiental, entre os quais ela destaca a definição das metas para a redução de emissões de gases de efeito estufa e a redução do desmatamento na Amazônia. Apesar disso, a senadora destacou que não se pode ter complacência com os erros e criticou movimentação que há na Câmara e no Senado para promover um retrocesso na legislação ambiental do país, como no caso do Código Florestal. Por Adriana Vasconcelos (Agência Globo)

Comentarios (0)Add Comment

Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
smaller | bigger

busy

Curta nossa página no Facebook