Astrônomos voluntários descobrem nova estrela de nêutrons

WASHINGTON - Cientistas voluntários que participam do projeto Einstein@Home, que se apóia em uma rede mundial de 500.000 computadores pessoais e de escritório, descobriram um pulsar ou estrela de nêutrons, segundo comunicado publicado na última edição da revista Science. Esta é a primeira descoberta sobre o espaço exterior realizada no âmbito do projeto Einstein@Home. Este projeto aproveita os períodos de pausa dos computadores de 250.000 voluntários em 192 países para analisar dados, em particular os recolhidos pelo Observatório Arecibo, o maior radiotelescópio do mundo, situado em Porto Rico e operado pela Universidade Cornell (estado de Nova York, leste dos Estados Unidos). O novo pulsar, batizado PSR J2007+2722, é uma estrela de nêutrons que faz 41 rotações por segundo. Encontra-se na galáxia à qual pertence o Sistema Solar, a Via Láctea, a cerca de 17.000 anos-luz da Terra (um ano-luz equivale a 9,46 bilhões de km), na constelação da Pequena Raposa, destaca o trabalho que será publicado na edição de 13 de agosto da revista Science. Ao contrário da maioria dos pulsares que giram tão rápido e regularmente como este, o pulsar recém-descoberto está só e não tem companheiro de órbita. Trata-se de um acontecimento emocionante para Einstein@Home e nossos voluntários, porque esta descoberta prova que a participação do público pode permitir fazer descobertas no Universo, disse Bruce Allen, chefe do projeto Einstein@Home, diretor do instituto Max-Planck de física gravitacional, na Alemanha. Os astrônomos cidadãos, autores da descoberta, são os americanos Chris e Helen Colgin e o alemão Daniel Gebhardt. O projeto Einstein@Home, criado em 2005, tem como principal objetivo detectar ondas gravitacionais e analisar os dados. Os pulsares são estrelas de nêutrons descobertas em 1967. Da AFP. Foto: Science

Comentarios (0)Add Comment

Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
smaller | bigger

busy

Curta nossa página no Facebook