Avatar e a Ecologia.


Bem, dizer aqui que Avatar é a maior bilheteria de todos os tempos é tolice; dizer que é um bom filme, apontando os seus principais pontos positivos não é necessário, pois todos já sabem quais são. Por isso, irei fazer um pequeno texto sobre um aspecto pesadamente positivo no filme que poucos falam - e o pior, sequer notaram durante a exibição do filme( pois hoje a população só gosta de efeitos especiais em demasiada quantidade nas telas): a sua relação com a ECOLOGIA.

A princípio, o longa dirigido por James Cameron( Aliens, Exterminador do Futuro) é focado no personagem Jake Sully( interpretado por Sam Worthington), que vai para Pandora trabalhar no lugar do seu recém-falecido irmão, e ao chegar lá se apaixona profundamente por Neytiri, filha do chefe de uma sociedade de seres humanóides chamados Na'vi. Mas, para ficar com o seu grande amor, Jake deverá abandonar a sua vida antiga, chegando ao ponto de "trair" os seus amigos. Enfim, a história é clichê ao extremo, mas essa não é a essência principal de Avatar.

Após Uma Hora e Meia de filme, começamos a notar algo mais - mais especificamente, uma mensagem passada por Cameron, que por alguns só é compreensível após a exibição do filme. Assistimos no filme um ato terrível que o próprio ser humano faz no nosso planeta; algo que está constantemente sendo citado na televisão, nos jornais, revistas e etc. O nome disso é A DESTRUIÇÃO DE FLORESTAS. "Caramba, já estamos
cansados de ver isso na televisão, por que vão levar isso para o cinema, que é
um local para a nossa diversão?" Eu diria que isso foi uma nobre tentativa do diretor( que também roteirizou e produziu o filme, além de ter criado a tecnologia utilizada no filme) de conscientizar a população de algo fatal. Ele mesmo citou isso quando esteve no Brasil, no início do ano, o que deixou ainda mais clara a tal mensagem citada aqui anteriormente.

Assim como poucos do nós, seres humanos, a raça Na'Vi luta para a preserv
ação ambiental de seu planeta. Mas o que nos diferencia deles é um detalhe um tanto quando grandioso: eles vão lá e lutam pelo o que querem. Eu sei, há muitas pessoas ao redor do planeta que fazem isso, mas a sociedade atual está completamente desorientada - ela só pensa em dinheiro e diversão vinte e quatro horas por dia, e por isso precisamos de uma conscientização global; ou pelo menos uma medida extrema, que deve ser tomada por aqueles que nos representam: os políticos. Está bem, todo mundo fala mal deles, mas o problema é que eles podem ser uma de nossas salvações. As eleições estão vindo ai, e é essa a hora em que podemos mudar tudo. Seria bem mais fácil se a quantidade de candidatos confiáveis fosse maior.
Agora voltando à ecologia, que é o que realmente importa: James Cameron consegue mostrar no filme que somos capazes de mudar a nossa situação: os Na'Vi vencem os humanos( que estavam armados até os dentes com uma tecnologia absurdamente poderosa) com arcos, flechas e com algo que pode fazer a diferença: o trabalho em grupo. Jake Sully parte em uma viagem "recrutando" todos os povos Na'Vi existentes no planeta Pandora, para lutarem contra os invasores, que são os seres humanos.

Isso, transportado para a nossa realidade, poderia ser:

Na'Vi: Nós, seres humanos.
"Invasores"( como sendo os causadores do problema): Nós, seres humanos.

O quê? Isso mesmo. Nós somos a causa. Nós podemos inverter essa situação desastrosa que está acontecendo no nosso planeta, basta que cada um de nossos seis bilhões de irmãos se disponham à nos ajudar, pois é possível mudar o mundo, mas só vai acontecer se trabalharmos em grupo.


Pois é, pessoal, fiz esse texto para me redimir das três semanas sem nenhum post meu no blog. Espero que tenham gostado, entrem no meu blog, e acho que o texto ficou meio confuso... Mas quero a sua opinião! Comente!!!




Texto Escrito por D@nil.B e Publicado Originalmente no site Mídia e Ecologia.com.
http://midiaeecologia.blogspot.com/
Comentarios (2)Add Comment

Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
smaller | bigger

busy

Papel de Parede

Curta nossa página no Facebook